Vale a Pena Alugar um Carro em Miami? Dicas Importantes

Paraíso das compras e diversão, Miami também tem outra grande fama, a dos carros. Quem já esteve lá, sabe: a cidade respira a motor e velocidade.

qui, é importante entender que Miami foi uma cidade projetada para carros e não pedestres. O jeito de se locomover mais rapidamente é com um carro, já que suas vias largas e distâncias curtas ajudam muito. Você pode até estar pensando que é mais vantajoso utilizar o transporte público para gerar uma economia maior, mas é preciso se atentar para um detalhe importante: o transporte público de Miami é ineficiente, e pensando pelo custo-benefício, alugar um carro é uma excelente opção – até por que o aluguel por lá tem um dos custos mais baixos de todos os Estados Unidos.

Se você está de férias por lá, somente em South Beach será possível fazer tudo o que quiser a pé. Qualquer outra parte de Miami exige um carro.

Neste artigo, eu vou explicar qual a melhor maneira de alugar um carro por lá e darei alguns detalhes bacanas de onde ir e o que fazer pela cidade.

Como já disse antes, se você for ficar apenas em South Beach, não será necessário alugar um carro visto que tudo pode ser feito a pé, ou no máximo de táxi (visto que é tudo muito próximo). Caso contrário, o negócio é alugar um automóvel que melhor se adeque às suas necessidades.

Aqui vai uma dica valiosa: alugue um carro antes de pegar o avião. A antecedência na reserva garante que você pegue o carro que deseja e ainda ganha um descontinho amigo. Quanto antes, maiores as chances de um desconto melhor.

Caso você já esteja com tudo fechado e as malas prontas para ir, alugue assim que descer do avião. No aeroporto você encontra diversas locadoras de carros com promoções atrativas, lembrando que o valor do aluguel já é bem barato. A única desvantagem é que você terá menos opções de modelos disponíveis.

Se for sua primeira vez em Miami, é bem tranquilo pra encontrar o terminal de locadoras: saindo do desembarque, você só precisa seguir as placas que dizem “MIA Mover”, elas te levarão até o Rental Car Center e pronto. Lá, as locadoras estarão bem sinalizadas e tudo que você precisará fazer é se dirigir até a sua.


Ah, se o seu plano é ficar em algum hotel perto do aeroporto, saiba que eles geralmente oferecem transfer até a hospedagem. Nestes casos, compensa mais deixar para alugar o carro só quando for utilizá-lo. Geralmente hotéis ao redor do aeroporto possuem transporte gratuito do aeroporto até o hotel e o contrário também.

Ao contrário do que muitos pensam, a PID não é necessária para alugar um carro, basta levar sua CNH e um cartão de crédito (já te explico porque). Você deve estar se perguntando o que é PID, não é mesmo? Explico: PID significa Permissão Internacional para Dirigir, e é exigida em alguns países da Convenção de Viena. Mas a maioria dos países não exige a PID quando se aluga um carro, e os Estados Unidos está entre esses países.

O cartão de crédito é exigido de toda maneira, você já tendo efetuado o pagamento ou não. Recomendo fortemente pagar enquanto estiver aqui, pois usar o cartão de crédito por lá não será uma opção boa para seu bolso. Isso porque é cobrado um IOF acima de 6% no ato do pagamento, além de uma taxa de conversão. E você ainda corre um risco de quando a fatura chegar levar um susto ainda maior, pois a conversão é feita na data do fechamento da fatura e não quando você paga, então se o dólar subir muito justo na data do fechamento da fatura, você poderá ter que arcar com um valor bem maior.

Para se localizar lá sem problemas, é fundamental um GPS. Você pode alugar ou comprar um, mas compensa muito usar o do celular. Dica importante: Como você estará fora do Brasil, sua operadora pode cobrar taxas altíssimas para uso internacional. Para evitar isso, procure um local (dentro do aeroporto mesmo dá pra encontrar) que venda chips pré-pagos. Basta ativar o número, contratar um pacote de internet e pronto: Além de GPS, você também terá internet disponível para quaisquer outras funções!

Importante citar também que Miami possui pedágios, sendo a maioria automatizados. Você passa e a placa do carro é fotografada. A cobrança é enviada posteriormente para o seu cartão pela própria locadora do carro, que faz o balanço.

Na hora da devolução do carro o procedimento é o mesmo, porém, antes de devolver o carro, encha o tanque em algum posto no caminho do ponto de devolução. Se o tanque não estiver cheio, você pagará caro pelo combustível na locadora. O normal é receber o carro com tanque cheio e devolvê-lo do mesmo jeito. Melhor então pagar pelo mínimo possível de litros.
A maioria das locadoras dos Estados Unidos deixa você pegar um carro em um local, como no aeroporto, e devolver em outro lugar ou cidade. Porém os preços são um pouco mais elevados. Faça uma cotação online antes de optar por esse serviço. Você encontrará como opção “different drop-off location, e é onde você nota a diferença durante a cotação.

5 (100%) 1 vote